Fio dental é ou não fundamental?

Você já deve ter ouvido falar: a imprensa noticiou recentemente que o fio dental foi retirado do guia Diretary Guidelines for Americans. De acordo com o governo americano, a utilidade do produto para uma higiene bucal adequada nunca foi de fato pesquisada.

No Brasil, no entanto, o Ministério da Saúde aconselhou manter o uso do fio dental para complementar a higiene bucal.

Queda no faturamento

Quem está sofrendo com a queda no uso do fio dental são as empresas fabricantes de produtos de higiene. Além do faturamento do enxaguante bucal ter caído em 2015, chegou a vez do fio dental.

O faturamento na categoria passou de R$547,9 milhões em 2014, para R$ 495,9 milhões em 2015. Os números dos enxaguantes são ainda mais alarmantes: o faturamento do produto recuou de R$1,067 bilhão para R$ 927,6 milhões.

Em contrapartida, outros produtos como escova e creme dental cresceram.

E você, dentista, concorda com o governo dos Estados Unidos sobre a irrelevância do fio dental?

 

Leia também: Gengivite: principal causa da perda de dentes em idosos

Deixe uma resposta